Se você é baterista e amante das baquetas, mas não conhece Simon Phillips, você está pecando!

Simon Phillips é, sem dúvidas, um dos maiores bateristas de todos os tempos e passeia tranquilamente pelo jazz e pelo rock.

O inglês, apesar de mais conhecido por seu trabalho com Chick Corea e com a banda Toto, tem um currículo invejável. O cara já tocou com artistas de renome, dos quais podemos citar:

Judas Priest, Jeff Beck, Jack Bruce, Michael Schenker, Brian Eno, Mike Oldfield, Mick Jagger e Gary Moore.

Também participou da turnê de 1989 do The Who e do subsequente álbum Join Together, além de tocar nos álbuns solo de Pete Townshend e Roger Daltrey.

No ano de 2009, Simon Phillips, o baixista gênio Pino Palladino e o tecladista Philippe decidiram formar um conjunto instrumental:

Phillips Saisse Palladino.

O grupo toca funk, rock e jazz.

Conhecido por seu kit monstruoso, que parece ter a mesma configuração desde os anos 1980, Simon esbanja habilidade e musicalidade.

Poucos bateristas são tão sensíveis e musicais como ele, que consegue mesclar pegada e harmonia tirando o melhor dos tambores.

Phillips começou a tocar profissionalmente aos doze anos de idade com seu pai (Sid Phillips) na banda Dixieland, onde permaneceu por quatro anos.

Depois disso, foi chamado para tocar no musical Jesus Cristo Superstar, e rapidamente se tornou um cobiçado músico de gravação.

Em 1992 lançou dois vídeos instrutivos exibindo alguns de seus melhores trabalhos.

Selecionamos um mega vídeo onde Simon Phillips demonstra seu talento e feeling.

O conteúdo é de 2009 e foi gravado no Drum Fest pelo Sticklibrary.

Confira a performance!

PS.: Se inscreva em nosso canal oficial para receber vídeos de bateria com exclusividade.

PPS.: Conheça o curso de bateria Guimadrum e se permita evoluir na arte dos tambores.

Madeira na pele!