Tem curiosidade para saber o que é groove? O Rock Drum explica!

Groove é o sentido da propulsão rítmica, significa “sentir” ou tem o sentido de “balanço” criado pela interação da música tocada por uma banda.  A seção rítmica executada pela bateria, baixo elétrico, guitarra e teclados é o que podemos chamar de groove.

Presente na música popular, groove é muito considerado em gêneros como salsa, funk, rock, fusion e soul. O termo é usada frequentemente para descrever o aspecto da música que provoca um certo desejo de se mover, ou dançar.

O que é groove pela visão dos especialistas?

Especialistas em músicas começaram a analisar o conceito do que é groove na década de 1990. Eles argumentaram que um “groove” é uma “compreensão de padrões rítmicos” ou “sensação” e “percepção intuitiva” de “um ciclo em movimento” que emerge de “sons cuidadosamente alinhados ou padrões rítmicos simultâneos” que põe em movimento a dança ou a batida do pé por parte dos ouvintes.

A palavra provém da expressão In the groove, traduzido literalmente, “No encaixe”. Ou seja, “encaixado no momento certo, no ritmo.” Isso exige “feeling”, “sentir o momento correto do “encaixe”, uma sensibilidade fundamental ao músico.

O groove surgiu na década de 1930, em pleno auge do Swing, estilo famoso do jazz. As primeiras aparições da palavra surgiram e foram gravadas por Wingy Manone, em 1936 (In the groove), e por Chick Webb, de 1939, em In The Groove, At The Groove.

A partir da aparição do funk nos anos de 1950, o conceito do groove se associa cada vez mais a uma forma de tocar relacionada com o blues e a música gospel, e desde a metade da década de 1960, também o soul e o funk. Nas décadas de 1980 e 1990 se vincula ao Acid Jazz.

Dissecando o conceito

O sentido literal do que é groove, em português, é muito abrangente. Sua definição é muito ampla, mas parece que a palavra virou gíria, encaixada onde é cabível na música. No sentido técnico, groove quer dizer uma levada, ou trecho tocado repetidamente dentro de determinado tempo, com balanço e swing. Num sentido mais amplo e complexo, groove é o mesmo que feeling, ou seja, sentimento ou emoção.

Portanto, dentro da interpretação pessoal, os elementos técnicos e abstratos devem ser executados paralelamente. Ou seja, groovar é tocar no tempo, com swing e sentimento.

O conceito de fill em relação ao groove

Na música popular, fill é uma curta passagem musical, que ajuda a manter a atenção do ouvinte durante uma pausa entre as frases de uma melodia. Uma pequena pausa no groove – uma jogada que “preenche as lacunas” da música e / ou sinaliza o fim de uma frase.

É como uma espécie de mini solo. Um fill pode ser executado por instrumentos como a guitarra, o baixo, teclado, bateria, ou por outros instrumentos, de cordas. Em blues, esse preenchimento pode até ser cantado.

Para entender melhor o conceito, o conselho é que ouçam as músicas de Michael Jackson, James Brown, Funkadelic, Jamiroquai e etc. No rock, algumas bandas como Red Hot Chilly Peppers utilizam muito o conceito de groove.

O Nu Metal, estilo de rock surgido na década de 1990 executa o groove misturado ao peso do rock, com riffs de guitarra e levadas de baixo intensos. 

PS.: Leia também O QUE É METRÔNOMO E POR QUE ELE É O MELHOR AMIGO DO MÚSICO?

PPS.: Faça parte de nossa lista Vip e receba conteúdos gratuitos diretamente em seu e-mail! Cadastre-se aqui!