Você sabe tudo sobre bateria? Talvez ache que sim…

Talvez você diga: é aquele instrumento que é composto por um conjunto de tambores e pratos de diversos tamanhos e tipos de sons, que permitem a percussão feita por apenas um músico, o baterista.

Sim, você está certo, mas essa é apenas uma parte da história.

Mas você sabia que esse conjunto é acionado por meio de um par de baquetas e acionamento de pedais, podendo ser utilizados em paralelo ao movimento das mãos para fazer coisas nunca imaginadas?

A bateria permite que homens e mulheres comuns desafiem as leis da física e que tirem sonoridades incríveis dos tambores.

Este é um artigo dedicado a este instrumento mágico chamado bateria.

O que você vai conferir nas próximas linhas é um verdadeiro guia sobre bateria. Confira!

História da bateria

bateria

Sendo um instrumento de percussão, a bateria se caracteriza como um conjunto de tambores para marcar o acompanhamento musical.

Porém, sua história original partiu de experimentos de comunicações do homem primitivo que acionava uma espécie de tambor para transmitir mensagens.

Sendo assim, após a emissão de sons humanos, os tambores seriam a grande forma de comunicação, precursores dos instrumentos musicais.

Muitos historiadores apontam o tambor como sendo a origem de todos os instrumentos musicais. Prova disso é que se encontra presente em vários estilos, desde a música erudita até o moderno rock and roll.

No final do século XIX, as baterias não haviam sido inventadas e eram utilizados três músicos para efetuar a percussão. Porém, no início do século XX, com a invenção do pedal, surgiu a bateria que juntou um conjunto de instrumentos em um único bloco.

bateria

Outra novidade dessa mesma época foi a criação de estantes para as caixas, pois antes disso eram colocadas sobre cadeiras ou penduradas por correias, nos ombros dos bateristas.

Dessa maneira, a bateria evoluiu desde sua criação e tem recebido uma atenção especial de seus fabricantes, que começaram a investir em melhorias em baquetas, ferragens e pratos.

Além disso, há na atualidade as baterias eletrônicas, que utilizam a tecnologia para estabelecer o padrão da bateria convencional.

Materiais e peças (Kit)

A montagem do conjunto que compõe uma bateria não possui um padrão pré-estabelecido, sendo considerado o arranjo de seus componentes conforme o estilo musical que o baterista seguirá. Assim como os recursos financeiros disponíveis para sua montagem.

Existem bateristas que utilizam acessórios de percussão de diferentes tipos e fora de um padrão para que consigam sons bastante diferenciados e que acabem se tornando marcas registradas destes músicos.

Dentre esses itens podem ser citados o cowbell, bongô, rotonton, carrilhão, bloco sonoro e até objetos não convencionais como latas e madeira.

As baterias se compõem, em uma configuração básica, dos seguintes acessórios:

Tambores

Compostos de peles duplas, a pele que se toca se chama de batedeira e é ali que se recebe o impacto da baqueta, transmitindo a vibração para a pele inferior, que responde à vibração produzida, e recebe o nome de pele de resposta.

A afinação dos tambores é feita através dos parafusos que pressionam a pele ao casco cilíndrico do tambor, sendo então regulada a tensão da pele, e sua quantidade de vibração e nota a ser obtida.

O conjunto de tambores é composto por bumbo, surdo, caixa e 2 tons, podendo ter ainda uma composição diferente, de acordo com a necessidade e o tipo de som que se quer executar.

Caixa/Snare drum

É o tambor com mais recursos de afinação, sendo uma das principais peças da bateria. É bastante apreciada por bandas latinas e brasileiras.

Possui som agudo e bem específico, devido a seu acabamento em fios de aço, como um tipo de esteira, possibilitar esse efeito.

As caixas possuem um recurso de afinação específico chamado de automático, realizado através de parafusos que tensionam a esteira metálica para determinar a qualidade que se quer.

Bumbo/bass drum

É o tambor mais grave da bateria e acionado por pedais ou baquetas de feltro em suas pontas.

Intensamente usado em bandas de heavy metal, provoca um som intenso e forte.

Tons/high tons

Tambor mais agudo, utilizado principalmente em viradas, para preencher ‘buracos’ na harmonia ou acompanhamento de outros instrumentos.

São posicionados na frente do baterista e podem ficar sobre o bumbo ou um pedestal.

Surdo/floor tons

Tambor mais grave, também usado em viradas, possui um som mais forte que os mais comuns.

São posicionados do lado direito do baterista ou à sua esquerda, sendo mantido por uma estrutura de suporte.

Pratos

São componentes que servem para conduzir a música e tem um som grave em seu corpo e agudo em sua cúpula

Podem ser feitos de

  • Latão – com baixa qualidade e usados mais por estudantes de música;
  • B8 – de boa qualidade, são considerados intermediários;
  • B10 – de qualidade mediana, feitos em liga metálica, para uso semiprofissional;
  • B15 – de liga metálica e é considerado de média para alta qualidade, a ser usados por profissionais ou semiprofissionais;
  • B20 – em liga metálica de qualidade elevada para uso profissional.

São classificados nos seguintes tipos:

  • Chimbal/Hi-hat – dois pratos sobrepostos, fechando de modo que as duas cúpulas ficam opostas. junto com a caixa e o bumbo. Principal componente da batera;
  • Prato de condução/Ride – utilizado para condução, pesado e rígido permite um som limpo e agradável. Tem um grande tamanho;
  • Prato de ataque/Crash – com alta ressonância tem som aberto e agressivo;
  • Splash – som cortante utilizado para acentuar o ritmo;
  • China – com som bastante diferente, apresenta uma curva em sua borda que permite tirar efeitos sonoros incríveis.

Curiosidade: a maior bateria do mundo

bateria

Você já deve ter visto algumas baterias com tantos elementos que não conseguia sequer enxergar o próprio baterista.

No entanto, em 2013, foi concedido o título de maior bateria do mundo pelo Guinness Book ao instrumento criado pelo pastor inglês Mark Temperato.

Com cerca de 813 peças entre tambores, pratos e peças de percussão e peso de 2,5 toneladas, e são necessárias 17 horas para realizar sua manutenção.

Para conseguir chegar ao resultado do conjunto, levou 20 anos.

Sua intenção é montar uma bateria ainda maior com um total de mil componentes e sua justificativa por perseguir esse recorde tem um componente religioso.

Por fazer parte de uma igreja em sua cidade, alega que quer louvar a Deus com toda a força de seu instrumento.

Tipos de Baquetas

As baquetas possuem diversos modelos, com tamanhos, formatos, pontas específicas, tipos de madeiras e outras características específicas que alteram seus resultados.

bateria

Vamos descrever as características dos principais componentes das baquetas a seguir:

  • Pontas, que podem ser de madeira, com diversos formatos e timbres específicos e de nylon, que permitem sons mais suaves;
  • Madeiras, com pesos e densidades específicos conforme o tipo de material utilizado;
  • Tamanho, podem ser apresentados em diversos comprimentos e formato e possuem características distintas quanto a produção de som;
  • Vassourinha, em cerdas circulares em metal ou plásticas;
  • Acústicas/drum stick rods, usando um feixe de varetas de madeira produz um som intimista, ideal para ambientes fechados;
  • Mallets, usadas para tocar vibrafone, tímpanos, entre outros, têm uma ponta especial composta de madeira, acrílico e outros materiais, conforme sua aplicação final.

Baquetas e pedais são dois itens essenciais para conseguir tocar uma bateria e o cuidado com a escolha destes itens é determinante e fundamental para que se possa efetivamente ser um baterista.

Se uma pessoa não usar esses acessórios, somente usará a bateria como um grande instrumento de percussão e não como um elemento fundamental para ditar o andamento e variações musicais durante sua execução.

De certa maneira, o baterista acaba tendo uma função parecida a de um maestro em uma orquestra. Sua atuação é que permite a execução perfeita da música. Sem esses componentes, a música estará comprometida.

Tipos de pedais

Os pedais são fundamentais para a marcação do ritmo e do compasso das músicas, sem sua invenção não seria possível criar as baterias, por isso, vamos informar os tipos de pedais existentes:

Pedal de Bumbo Simples

Para acionar o bumbo deve-se usar o pé que é feito de ponta de feltro ou plástico, e sempre de acordo com a finalidade de batida que se quer atingir, se mais suave ou mais pesada. Existem pedais que apresentam as duas configurações em apenas um só.

Os bumbos são fixados por meio de uma presilha, que não permite que eles se soltem, produzindo, assim, um som com segurança e com movimentos de avanço e retração constantes, que são regulados por uma mola de tensão.

Permite também regulagem de altura e posição do batedor.

Pedal de Bumbo Duplo 

Composto por dois pedais e dois batedores, com regulagens individuais, é similar ao pedal simples em sua função; porém, possui mais eficiência de batidas.

bateria

Utilizado em bandas de Heavy Metal, Thrash Metal, e outras de rock mais pesado, assim como em grupos de samba.

Conhecendo o Metrônomo

O metrônomo foi inventado em 1812 por Dietrich Nikolaus Winkel, um relojoeiro de Amsterdã, e em 1816 foi criado o metrônomo portátil. Ludwig van Beethoven foi o primeiro compositor a utilizar as marcas do aparelho em suas composições.

Ele funciona produzindo pulsos de duração regular e exata, conforme os parâmetros de velocidade e de dinâmica estabelecidos pelo músico e, além disso, serve para marcar o andamento da melodia, mantendo-a de forma exata.

Metrônomo analógico

Muito utilizado por bateristas, pois auxilia a manter o tempo da música e a não fugir das definições constantes do arranjo.

O metrônomo mecânico é composto por um pêndulo oscilante cujos movimentos podem ser mais lentos ou rápidos, dependendo da distância de um peso na haste do pêndulo.

Já os metrônomos eletrônicos, funcionam por meio de uma luz de LED que pulsa e emite um som que acompanha este movimento.

Este equipamento é fundamental para o baterista poder acompanhar o tempo da música. Isto ocorre porque a música possui um tempo estabelecido quando é composta e este tempo deve ser devidamente executado para não interferir no pulso.

Metrônomo analógico

Pessoas que estão iniciando na prática de bateria muitas vezes dominam o ritmo e as alterações , mas o tempo não é respeitado e, deste modo, a música fica diferente daquela que foi criada originalmente.

Sem acompanhar o tempo, por exemplo, os músicos de um grupo podem acabar executando uma parte da composição e o baterista, ou demais integrantes, uma outra parte.

Desta forma, o metrônomo estabelece com exatidão o tempo e protege assim o andamento original proposto, mantendo todo o grupo dentro de uma mesma execução e das fases da música.

A execução de uma música não é simples, não basta ser tocada, ou existir apenas a vontade de execução e um instrumento. Uma composição estabelece diversas características e detalhes específicos que permitem atingir um momento mágico em sua execução.

Dentre estes fatores, o tempo é determinante na obra e o aparelho auxilia em uma execução correta, por isso os músicos têm de utilizar um metrônomo para serem bons intérpretes.

O baterista

bateria

Esse é o músico que conduz a bateria, sendo o responsável por ditar o ritmo e a intensidade da música, com o comando das viradas e mudanças de trechos de uma obra musical.

Destaca-se nas frequências graves e na dinâmica coletiva da banda e pode criar novos elementos para serem agregados a sua bateria e servir como algo marcante e diferente em relação a outros músicos.

Anos de estudos e muita dedicação formam os melhores bateristas da história da música, sendo exigida uma excelente coordenação motora para o controle do instrumento e para conseguir manter os diversos movimentos simultâneos durante a execução da música.

Como executa seus conhecimentos em um grande instrumento de percussão, o baterista tem uma função principal para determinar o andamento da obra.

Alguns bateristas se tornaram famosos por imprimirem um estilo pessoal na execução do instrumento ou por revolucionarem a forma de tocar, passando a serem admirados por todos que acompanham uma boa execução musical.

Grandes bateristas são identificados em vários estilos musicais podendo ser citados no jazz, por exemplo: Art Blakey, com seu grupo Jazz Messengers e Gene Krupa, que tocou com Benny Goodman; e no rock: John Bonham, do Led Zeppelin e Keith Moon, do The Who.

Curiosidade: o baterista mais rápido do mundo

Tom Grosset foi considerado em 2013 pelo Guinness Book o baterista mais rápido do mundo ao atingir a incrível marca de 1.208 golpes de baqueta em 60 segundos de execução.

bateria

Nesse ano ele quebrou um recorde que possuía 10 anos, tornando-se uma lenda na arte da velocidade em tocar bateria.

Para chegar neste nível é necessário muita dedicação e estudo, além de um diferencial pessoal que a pessoa traz desde o seu nascimento, fazendo com que seja uma diferença entre as pessoas que praticam o instrumento.

Como não há limites, pode ser que dentro em breve surja alguém que pulverize este recorde e coloque a bateria em outro patamar de execução.

O desenvolvimento de novas tecnologias também auxilia na melhoria de execução dos músicos, mas só o empenho pessoal permite atingir a perfeição!

Termos relacionados aos movimentos executados em baterias

Alguns termos são comuns quando se referem aos executados por bateristas em seus instrumentos, são eles:

Ritmo ou Levada

É o movimento com uma coordenação de vários intervalos musicais, que possui como características serem regulares ou não, longo ou breve, intenso ou fraco.

É determinante para manter a execução da obra dentro das escalas e das formas com que foi idealizada, através dos compassos da criação da música.

Fill ou Virada

É o movimento de repique, evolução, etc. que serve para determinar as diversas partes da composição, e tem a função de orientar a banda para as entradas de cada instrumento ou canção.

Este é um recurso que é possível de ser aprimorado com o tempo, com o conhecimento musical e com o estudo das composições.

Solo

Quando se executa individualmente um trecho musical; este movimento normalmente permite ao músico demonstrar toda sua habilidade e, sem dúvida, sempre é um momento de êxtase para quem ouve e também é uma consagração para o baterista.

O solo deve ser executado após muito treinamento e com pleno domínio das técnicas de condução da bateria.

Curiosidade: Moby Dick, do Led Zeppelin, tem um dos solos mais famosos de bateria.

A banda de rock Led Zeppelin lançou em 1969 a música Moby Dick, também conhecida como Over the Top, que é executada somente em solo de bateria, guitarra e baixo, por John Bonham, Jimmy Page e John Paul Jones, respectivamente.

O solo de bateria se notabilizou principalmente pela beleza que é executado, mas também por uma característica de gravação, pois os trechos foram gravados em estúdio de forma independente, sem o acompanhamento dos demais instrumentos e inserido posteriormente na música.

O rock and roll é um estilo musical que possui músicos de alto nível e com grandes conhecimentos musicais; muitas pessoas acham que são apenas pessoas que se juntam e fazem barulho, mas as composições criadas neste estilo musical estão recheadas de recursos extremamente ricos em princípios e técnicas musicais.

Como aprender a tocar bateria

Existem diversas opções de cursos presenciais para quem deseja aprender a tocar bateria e existem também as opções de cursos online.

Conheça o curso online do Guima aqui!

Realizar uma pesquisa sobre estes cursos é uma forma interessante de começar a aprender.

Alguns passos importantes podem ser mencionados para os iniciantes, a saber:

  • Aprenda a acompanhar o ritmo com as mãos;
  • Entenda e pratique a contar as semínimas;
  • Aprenda a contar as colcheias;
  • Treine as duas mãos;
  • Entenda e pratique a marcação.

Estes são os princípios fundamentais para quem deseja ter um início neste instrumento, o passo seguinte seria manter contato com o instrumento e o estudo de música e leitura de partituras.

É preciso levar em consideração que o estudo da música é determinante para que você se destaque como um músico de qualidade, lembre-se que sem esforço e dedicação não será possível atingir os objetivos em sua vida, quaisquer que eles sejam, e com a bateria não é diferente.

Ter uma aplicação na teoria e saber conjugá-la com uma prática constante, buscando sempre uma técnica atualizada, são fatores decisivos para que sua satisfação no domínio do instrumento seja atendida plenamente.

Não pense que para tocar um instrumento não é necessário aprender as suas bases, isto pode sim ocorrer, mas para aquelas pessoas que tiveram o dom ao nascer e essas são a minoria.

Mas se você se dedicar ao estudo e aos exercícios, poderá alcançar um nível excelente e ser admirado e requisitado em todos os lugares onde se exija qualidade na execução musical.

Kit praticável

Você pode praticar bateria sem incomodar seus vizinhos, usando um kit de bateria para prática silenciosa.

bateria

Esse kit praticável permite privacidade para desenvolver sua técnica em silêncio e pode é possível carregá-lo para onde você quiser, sem transtornos.

Tudo isto graças ao Pad de estudos, que é uma peça em madeira revestida em borracha que abafa os sons, ele é utilizado através de adaptação às pernas ou em qualquer local mais apropriado.

Uma grande alternativa para quem não pode ter um estúdio acústico e precisa praticar sua técnica de forma tranquila.

Esta invenção revolucionou a forma como se pratica bateria e permitiu que fosse possível treinar em locais onde antes era impossível, fazendo com que mais pessoas se interessassem em aprender a tocar bateria.

Faça uma pesquisa para identificar um modelo que atenda as suas necessidades e passe a praticar sem preocupações.

Cursos de bateria online que você pode conhecer

Existem cursos de bateria online bastante interessantes e alguns são possíveis  conhecer e avaliar os seus conteúdos e a possibilidade de começar a acompanhar as dicas e as aulas, que em muitos casos são gratuitas.

Algumas vantagens dos cursos online podem ser citadas, tais como:  suporte online, você pode assistir quando e onde quiser, muitos são gratuitos, e quando efetuam cobranças são valores reduzidos em relação aos cursos tradicionais.

A facilidade de acesso ao conteúdo e no tempo que você puder, são aspectos determinantes nos dias de hoje, onde o nosso tempo se esgota e não conseguimos realizar tudo que desejamos.

Felizmente, o avanço tecnológico permitiu o surgimento de alternativas que permitem a todos realizar os seus sonhos musicais, então não há mais desculpas, você pode começar agora mesmo.

Listamos a seguir algumas sugestões que podem ser interessantes, mas você pode estender a pesquisa a outros cursos online. Confira!

1 – Guimadrum

Conheça aqui!

Um site referência em cursos de bateria online é o Guimadrum, muito acessado e bastante recomendado por todos que já realizaram os seus cursos.

O método desenvolvido pelo dono do curso, o professor Guima, é bastante interessante e permite um aprendizado efetivo. Foi disponibilizado um conteúdo de mais de 200 vídeo-aulas e com mais de 1.000 alunos inscritos, demonstrando o sucesso do método e do variado conteúdo.

Este curso aborda desde a montagem e a afinação, até os ritmos existentes, abordando de forma simples e direta para um melhor aproveitamento.

Oferece cursos gratuitos em determinados períodos e diversas promoções, como sorteios de componentes de bateria.

Uma ótima opção de conteúdo, com informações realmente importantes e que podem ser determinantes para lhe atender na busca de um aprendizado efetivo.

2 – Baterna 

Este curso online é totalmente gratuito e totalmente voltado para a prática do instrumento musical.

As aulas são dadas para que o aluno não precise investir em instrumentos e utilize seu corpo para treinar, sendo oferecido para pessoas sem quaisquer conhecimentos musicais e também se destina a desenvolver suas habilidades.

Explorando o ritmo individual e as aptidões pessoais, este curso online tem um material bem simples e acessível, para que um maior número de pessoas possa acompanhar e se encantar.

Mais um site de excelente qualidade de conteúdo e que permitirá um aproveitamento bastante significativo para quem quer aprender bateria.

Visite o site e comprove!

3 – Cifra Club

Este site é bem didático e inicia as aulas com a história e com os componentes da bateria, estendendo seus estudos até a maneira certa de tocar.

Totalmente gratuito, traz dicas de manejo e entendimento da bateria.

Muito interessante e de fácil assimilação de conhecimento; por ser bastante didático é um bom site para quem está começando a se interessar pelo instrumento e tem pouco tempo para se dedicar.

Com um conteúdo bastante interessante e que diverte, deve ser acessado pro todos.

Estão aí três dicas de cursos online para você acessar e verificar aquele que mais se enquadra em seu perfil.

5 sites de bateria que você pode acompanhar

Para quem se dispõe a investir em um aprendizado de bateria é importante estar atento às notícias e novidades relacionadas a este instrumento, para isso existem sites específicos sobre o assunto e que merecem ser acompanhados para você não ser ultrapassado por novidades e artigos técnicos sem conhecimento.

A seguir relacionamos cinco sugestões de sites para você acompanhar e se manter informado sobre o mundo da bateria.

Rock Drum

Um site que ajuda de forma eficaz o aprendizado da bateria, pois é composto por pessoas apaixonadas pelo instrumento e com vasta experiência em orientações e aulas práticas e que se dedicam a repassar seus conhecimentos àqueles que desejam aprender a tocar bateria.

O site explora conceitos básicos da arte de tocar o instrumento, provoca reflexões sobre aquilo que você deseja fazer, se é aprender, ser um profissional ou apenas se divertir.

Para tanto direciona o aprendizado para a informação, o estudo, a prática e o conhecimento, com aspectos definitivos para entender e poder executar a bateria de forma apropriada.

Site destinado somente para abordar assuntos relacionados à bateria com dicas, técnicas, métodos, influências, relacionamento musical, organização de estudos, conselhos para escolher equipamentos e outros artigos e discussões que possibilitarão um real aprendizado.

Acesse o link e desfrute das informações do site: http://rockdrum.com.br/

Batera

Este site está há mais de 10 anos no ar é acessado por muitos artistas e pessoas ligadas à música que têm interesse em compartilhar informações, conhecimentos, curiosidades e demais assuntos que possam auxiliar aos bateristas em suas performances e em seu crescimento musical.

Ao acessar este site é possível acompanhar estudos, informações didáticas, técnicas, partituras, exercícios, workshops com grandes bateristas, professores e fabricantes, novidades e lançamentos do universo da bateria.

É possível participar de promoções, assim como oferecer seus serviços e produtos nos classificados exclusivo do site e ter uma integração e conectividade com bateristas mundialmente famosos, através de fóruns de discussão.

O site disponibiliza ainda informações de novas tecnologias e técnicas para manter um conteúdo sempre atualizado. Com média de 250 mil visitas mensais tornou-se um referencial importante para quem deseja informação e atualização em tempo real.

Entre no link e confira: http://www.batera.com.br/

Daniel Batera

Este site é mantido por um músico que foi criado em um ambiente propício ao interesse musical.

Possui diversas informações e você pode se cadastrar para receber notícias sobre o mundo da bateria e suas atualizações.

É interessante poder manter contato com o músico e trocar experiências e aprendizados com um profissional já consolidado no mercado.

Mais uma dica muito interessante para aprimorar seus conhecimentos e o contato com o mundo da bateria, através de alguém que participa ativamente deste mercado.

Acesse o link e aprecie as informações do site: http://danielbatera.com.br/

Modern Drummer

Este site divulga uma revista especializada em assuntos de bateria e tudo que se refere aos componentes de bateria e formas de tocar.

Possui vídeos de artistas e áudios que dão um tom bastante interessante ao aprendizado do instrumento.

Permite o cadastramento para ter acesso às publicações, novidades e atualizações constantes.

Acesse o link e descubra um site muito interessante sobre bateria: http://moderndrummer.com.br/

GuimaDrum

Um site com um excelente conteúdo e com ofertas de cursos. Apresenta novidades, promoções, sorteios de componentes de baterias e notícias sobre este instrumento.

Criado pelo professor Guima é um curso já consolidado no meio artístico voltado ao aprendizado de bateria.

Neste artigo já citamos informações a respeito do professor e de suas referências musicais e pode ter a certeza de que você terá acesso a diversos tipos de informações importantes sobre a bateria nesse site.

Entre no link e desfrute do conteúdo deste site: http://guimadrum.com.br/

Madeira na pele!

aula de bateria online

Neste artigo procuramos apresentar de forma direta, porém, com detalhes necessários para um esclarecimento maior sobre o tema Baterias, para que você possa se sentir motivado a aprender e a exercitar suas habilidades neste instrumento tão importante para a música.

Esperamos ter contribuído para aumentar o seu conhecimento sobre o assunto e que você tenha sucesso em começar a se aprofundar neste novo mundo musical.

A bateria é um instrumento incrível e que possui várias possibilidades de uso na música, sendo um protagonista indispensável em qualquer grupo que se proponha a fazer uma música de qualidade.